LIPOASPIRAÇÃO


QUAL MULHER NÃO QUER TER O CORPO ESCULTURAL?

Eles estão sempre associados `a sensualidade e `a beleza do corpo feminino.

Além dos aspectos estéticos, mamas desproporcionais podem ocasionar dores nas costas e na região das alças do sutiã, problemas posturais e dermatológicos, além de limitações em atividades físicas.

Atualmente, existem várias técnicas de mamoplastia capazes de atingir níveis de satisfação e resultados excelentes. A cirurgia de mama pode ser dividida em mamoplastia redutora, mastopexia (lifting das mamas) e mastopexia com inclusão de prótese.

Independentemente do tipo de cirurgia escolhida, a mamoplastia bem executada melhora o formato das mamas através da remoção de tecido mamário, dos excessos de pele e do reposicionamento da aréola numa posição visualmente mais estética.

INDICAÇÕES

A mamoplastia redutora é indicada para mamas de médios a grandes volumes, com remoção parcial de glândula mamária e gordura, seguida de modelagem dos tecidos, com posicionamento mais gracioso da aréola e do mamilo.

A mastopexia tem sua indicação em mamas de volume adequado, porém com posição da auréola e mamilo mais inferior e perda de volume no “colo”, com “escorregamento” da mama.

A cirurgia realça novamente o colo, trazendo mais harmonia ao tórax feminino.

Em pacientes que sofreram perdas de peso acentuadas, múltiplas gestações, ou apresentam uma glândula mamária muito atrofiada associada a flacidez de pele das mamas, a mastopexia isoladamente não é capaz de restaurar o volume da mama.

Nesses casos é indicada a associação de mastopexia com prótese, que consiste na remoção do excesso de pele, restauração de volume com implante de prótese mamária e reposicionamento da aréola e mamilo numa posição adequada.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga

NOS SIGA NAS REDES!

NO FACEBOOK TEMOS FANPAGE, PERFIL COMUM E GRUPO!

 

ABAIXO OS 3 ENDEREÇOS:

  • Facebook Social Icon
  • Black Facebook Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon